segunda-feira, 6 de novembro de 2017

Homenagem de Santa Bárbara do Leste


No dia 20 de outubro, recebi significativa homenagem da Escola Monsenhor Rocha de Santa Bárbara do Leste.  Realizou-se o Recital de poesias com poemas de minha obra “Lua de Rapadura”. Apresentaram, ainda, uma peça teatral com o texto de meu livro “É da Roça”.  Foi um sucesso! As crianças, bem preparadas, deram um forte colorido ao espetáculo. 
No lançamento dos livros, Dança do Piolho e Na Garupa do Sonho, as crianças demonstraram o quanto gostam de ler. Risos de contentamento ao manusearem as páginas.
Agradeço emocionada a homenagem preparada pela diretora da escola, professora Jussara.  O evento não se restringiu à escola. Realizado na Câmara Municipal de Santa Bárbara do Leste, contou com a presença dos professores da escola, pessoas da comunidade, vereadores, prefeita e pároco. 
Agradeço a presença de todos. De forma especial, às professoras, que trabalharam com tanto esmero e cuidado, aos vereadores, ao escritor Aurimar, ao Zezão.   Padre Walcir, usando da palavra, incentivou a leitura, recordou-se de uma bela poesia de sua infância, declamando-a com perfeição.  A prefeita Vilma, que tanto me honrou com a presença, convocou o pároco e, juntos, renderam preces a Deus.  Foi um instante de fé acompanhado por todos.
Não há palavras que possam traduzir minha gratidão por tantas manifestações de apreço a mim e aos livros.  No entanto, conforta-me saber que Deus não deixará de derramar suas bênçãos sobre todos os semeadores do bem. Assim, Ele haverá de agradecer por mim, concedendo a cada o Seu olhar de Pai.     









sexta-feira, 27 de outubro de 2017

Escola Menino Jesus de Praga recebe com entusiasmo


Continuando minhas visitas aos educandários para levar minhas duas últimas publicações, aportei-me na Escola Menino Jesus de Praga. Entusiasmo e alegria marcaram os momentos com diretores, professores, mães de alunos e crianças. Durante a contação de histórias, os olhinhos atentos não perdiam uma só palavra.  Ávida pelos livros, a garotada fez a festa! Emocionou-me a atitude do aluno Francisco Inácio Costa que comprou uniforme novo para me receber e, com gestos de surpresa, mostrou o quanto os livros fazem parte de seu encantamento.
Agradeço muitíssimo à diretora Ivone e à Laurinha. Também à Cida, que tão bem sabe preparar os alunos com seu violão e canções. A todas as professoras, agradeço o carinho. Que Deus abençoe o trabalho dessa escola que sempre me acolhe com afeto e tanto nos ajuda a fazer do hábito de leitura a meta de nossos esforços.

Algumas fotos ilustram nossa passagem pela escola.











quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Escola Jairo Grossi abre portas para os livros


Continuando os lançamentos de meus livros Dança do Piolho e Na Garupa do Sonho, aportei-me na Escola Jairo Grossi. Fui recebida com carinho tal que me senti em casa.
Agradecendo a Deus pela oportunidade de continuar com o meu trabalho de forma prazerosa, agradeço também à diretora da escola. Francisca, amavelmente, possibilitou esse encontro.  Agradeço ainda à Eliza Cristine de Resende Marques, coordenadora de área e organizadora do evento. De forma impecável, tratou de todos os detalhes e acolheu-me com seu riso, que tem sempre aquele ar de festa. Meu agradecimento vai, também, para a supervisora e professoras que apoiaram os livros com a presença e o incentivo aos alunos.   E, para a UNEC TV, ao Wanderley Otoni e Angélica. Meu caloroso abraço às crianças – motivo de nossa luta e entusiasmo – pela acolhida risonha e cheia de interesse. De forma especial, aos amigos que estiveram lá inundando-me de certezas e reafirmando a amizade companheira: Humberto Luiz Salustiano Costa, Célia Bomfim Ribeiro,  Heloísa Chálabi, Clotilde Ferreira Junqueira, Eugênio Maria Gomes, Lígia Maria dos Reis Matos, e  Almério Matos por me acompanhar ao violão com o costumeiro talento.
Durante minha apresentação, como tenho feito em outras escolas,  mostrei um livro grande encapado e dourado, dizendo que ali estava um objeto de ouro, pois é dele que saem maravilhas de conhecimento e prazer.  Continuei na Contação de Histórias sobre a diversidade, focalizando as diferenças entre os alunos de uma sala de aula. Mostrei que as diferenças nos distinguem e nos tornam iguais. Em seguida, busquei no livro  a Poesia. Pelo fato de a criança ser lúdica e lírica, sua alma combina com os poemas em que ritmo e lirismo compõem um  jogo poético  que contribui para a memorização, o prazer de ler, além de aguçar a criatividade.Pelo fato de a poesia ser subjetiva, facilita ao aluno  o ato de poetar.  Prova disso, foi o presente que ganhei dos alunos Sthella Meireles, Renato Alves e Maria Eduarda Lacerda Silveira que me dedicaram lindos poemas.  Com sensibilidade e ternura de passarinho no ninho, teceram versos com conteúdo, sem rimas forçadas ou palavras soltas. Tudo fazia sentido, e tocou profundamente o meu coração  ávido da emoção que a poesia provoca.  Finalmente, embrulhei os poemas na música. Essa arte educa os sentimentos por meio dos sons, facilita o aprendizado e cria empatia entre alunos e professor. Música e poesia juntas despertam interesse maior, pois as duas fazem parte do jogo lúdico. Melodia, ritmo, rimas, palavras, versos, emoções – encantam crianças de todas as idades. 
Algumas fotos ilustram e eternizam o momento, que ficará comigo a marcar a caminhada com os livros.











sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Marilene Godinho no CNEC


Na última quinta-feira, dia 21, lancei meus livros “Dança do Piolho” e “Na Garupa do Sonho” no Colégio CNEC. Fui presenteada com uma carinhosa recepção. Por isso o meu primeiro gesto é de agradecimento. Primeiramente, a Deus por me conceder a saúde, o entusiasmo e o prosseguir na missão de levar livros às crianças. Depois, agradeço à diretora da escola Sra. Ana Paula e à orientadora Andreia. Com gratidão nas mãos, agradeço à coordenadora Maria do Carmo Alves Santos Chamareli. Educadora experiente e capacitada, acompanha-me há muitos anos por ser grande amiga e por conhecer dos benefícios do livro. Ela é uma estrela de primeira grandeza que resplandece sua luz de pura vocação sobre o exemplar educandário.
Agradeço a parceria dos pais. Abraço, carinhosamente, as crianças que me inundaram de incentivo e afeto. Encantaram-me a alegria delas, a atenção que deram à minha fala, os olhares luminosos sobre os livros e a curiosidade que os fazia manuseá-los querendo adivinhar o conteúdo. E, no final, ainda apresentaram uma dança, cuja coreografia foi elaborada por elas mesmas. Linda!
Agradeço de forma especial, a presença do querido Monsenhor Raul, que desde o meu primeiro livro, há quase 40 anos, tem me trazido seu sorriso, sua amizade e sua bênção. Um amigo que aconchego no mais profundo de meu coração.  Também emocionou-me a presença de Marília Chálabi, para quem dediquei um dos livros. Sempre companheira e, por conhecer de perto a área educacional, valoriza e estimula. Agradeço, ainda, a colaboração do Sistec, especialmente ao cinegrafista Wilson Júnior e ao repórter Lucas Vieira. Além da entrevista comigo, o Lucas estendeu sua atuação aos alunos numa conversa proveitosa que os fez se sentirem importantes e participativos.
Mostrando um livro muito grande, ressaltei quantas coisas boas saem dele: histórias, música, poesia. Depois, optei pela contação de histórias     para me comunicar prazerosamente com as crianças. Essa atividade é muito cara à Educação. Instiga a imaginação, a criatividade, a oralidade e incentiva o gosto pela leitura, contribuindo na formação da personalidade da crianças, envolvendo o social e o afetivo. É um liame entre o real e o fictício.  Lembrar que saber contar uma história é criar um ambiente de encantamento, suspiros, emoção no qual o enredo e as personagens ganham vida transformando tanto o narrador como o ouvinte.  A história escolhida foi sobre a diversidade, mostrando que as diferenças entre os seres humanos é que colore a vida. E que o respeito às diferenças traz harmonia e felicidade.
E, assim, vamos levando os livros em outras escolas. E que Deus continue fortalecendo-nos com sua graça.









terça-feira, 19 de setembro de 2017

Convite

Marilene Godinho convida a todos os amigos para o lançamento de mais dois livros infanto-juvenis.



quinta-feira, 14 de setembro de 2017

Palestra na Escola de Dom Modesto

Palestra de Marilene Godinho para os alunos do 2º grau da Escola de Dom Modesto.
A recepção foi muito carinhosa.
Os alunos, muito atentos, participaram vivamente do encontro.






Marilene Godinho participa do chá literário

Marilene Godinho participa do chá literário da Escola Estadual Engenheiro Caldas.
Ela foi homenageada com números artísticos e contou uma história.